quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Novidade: V-Ray 3.0 Preview!

O dia de hoje amanheceu recheado de novidades sobre o renderizador mais querido do mundo, o V-Ray.
Com o lançamento da sua versão 3.0 se aproximando, a Chaos Group liberou na madrugada de hoje uma série de vídeos e um website com as principais novidades do novo release, muitas das quais devem deixar os usuários com água na boca. Vamos dar uma olhada nelas:


  • Raytracing mais rápido: o que já era um dos raytracers mais rápidos do mercado está ainda mais veloz. Brute force e path tracing agora estão até 40% (?!) mais rápidos.
  • Nova interface de usuário: quem já acompanhou minhas aulas sabe que sempre comentei sobre a interface do V-Ray, que nunca primou pela facilidade ou organização. Mas isso está mudando na nova versão (ainda bem!).
  • Progressive Rendering: usando a mesma tecnologia do Light Cache e V-Ray RT, foi adicionado um novo Image Sampler que, ao invés de renderizar bucket a bucket, mostra todos os pixels da imagem sendo refinados ao mesmo tempo que são subdivididos. Essa nova maneira de calcular promete acelerar bastante o workflow, já que teremos várias iterações de uma imagem em menos tempo (mais ou menos como o que já se fazia com o Light Cache em PPT).
  • Quick Settings: novos presets prometem deixar o trabalho mais rápido e simples.
  • VRayMats: os shaders do V-Ray agora serão multi-plataforma, o que significa que você poderá usar exatamente os mesmos shaders no Max, Maya, C4D... 
  • Novos shaders: novos materiais de pele, novo SSS e suporte a OSL (Sony Open Shading Language) para quem quiser escrever os próprios shaders são algumas das novidades.
  • Melhora no cálculo de hair: quem já renderizou cabelos com o VRayHairMtl sabe que não é rápido. O novo release promete muito mais velocidade nesses cálculos (até 50%, segundo consta).
  • Suporte a Alembic: você agora poderá importar arquivos em formato Alembic (.ABC) como VRayProxy (se você pensou em trazer modelos prontos do Maya, por exemplo, acertou).
  • Suporte a novos perfis de gerenciamento de cor (LUT's, ICC e OpenColorIO)
  • Suporte ao novíssimo OpenEXR 2.0: o melhor formato de imagens  agora disponível direto no V-Ray (pós-produção e LWF agradecem).
  • Render Mask: se você já desejou poder criar um render region que não fosse apenas um retângulo, com o render mask pode agora usar uma imagem como render region, o que significa virtualmente qualquer formato de região (você pode renderizar só as árvores de um projeto, por exemplo, ao invés de uma área retangular onde elas estão).
  • Render Elements no V-Ray RT: os render elements agora serão compatíveis com o render via GPU, acelerando o controle dos mesmos.
  • Distributed Rendering: a partir de agora, o V-Ray irá, ao renderizar em rede, coletar todos os mapas e proxies para garantir que nenhuma máquina renderize sem mapas (ALELUIA!).
As informações originais (em inglês) estão aqui: http://www.v-ray.com/features/

E pra dar um pouquinho mais de água na boca, veja agora alguns vídeos demonstrando 3 das novas features...



Lembrando, é claro, que meus alunos têm um descontaço exclusivo na compra da versão estudante do V-Ray original!
O fim do ano nunca me pareceu tão longe... ;-)